Gaash em Israel – 5° Dia

Fala pessoal,

Demos uma atrasada nos posts mas agora vamos correr pra recuperar o tempo perdido.

Ontem tivemos um dos dias mais cansativo de toda a viagem. Fizemos dois workshops com dois dos grupos mais importantes de Israel.
Logo pela manha fomos para a sede do Mechola e fomos recebidos pela famosa coreografa Shuki Hoffman. Ela nos explicou como funcionava a academia do Mechola e todos os prêmios que eles receberam. Conhecemos a filha dela que nos deu o workshop, e que depois de poucos passos já havia sido apelidada como Miss Perfeita.

O workshop não foi nada fácil, mas todos se esforçaram muito e no final mandamos muito bem! Eles se animaram tanto que o workshop durou 1 hora a mais que o planejado.

Depois de todo alongamento, diagonal e técnica, ainda tivemos o prazer de aprender uma coreografia do Mechola, vencedora do festival Karmiel poucos anos atras. Saímos todos arrebentados e roxos mas com a sensação boa de dever cumprido (e alguns quilos a menos também).

Como o primeiro workshop atrasou uma hora, tivemos pouco tempo para relaxar ate o segundo. Almoçamos numa cafeteria estilo bandejão da universidade de jerusalém e passamos no hotel só para trocarmos de roupa.

O segundo workshop foi com o Hora Yerushalayim e logo ao chegar já nos espantamos com a sede gigante deles. Fomos recebidos pela Liane professora de um dos grupos da companhia e que começou o semirario de um jeito bem diferente do Mechola (primeiro workshop). Começamos a aula com sequencias de ballet na barra, e depois mais varias sequencias na diagonal.

No meio da aula começamos a aprender uma coreografia do Hora Yerushalayim no seu estilo mais folclórico (Hora). Estávamos todos animados porem mortos, e mesmo assim tiramos forcas do alem para chegar ao final do dia inteiros e satisfeitos. Quando todos achávamos que já estava acabando, ainda aprendemos mais uma coreografia inteira. Dessa vez era uma dança moderna e, pra nossa sorte, lenta!

Quando acabou a aula, a Liane nos levou para conhecer a maravilhosa sede da companhia. Um prédio lindo com quatro salas de dança, sala de figurinos, sala de professores, sala da direção, sala com tv, tudo! Passamos mais alguns minutos na sala de tv assistindo alguns videos do grupo e depois nos despedimos de todos.

Uma viagem corrida como essa não podíamos desperdiçar tempo, e por isso antes de voltar pro hotel ainda demos uma passada na ben yehuda. Lá alguns fizeram compras, e outros só sentaram em um cafe pra descansar. No final do dia nos reunimos para comer os famosos waffles! Depois de um dia em que perdemos mil calorias estava na hora de repor as energias.

Chegando no hotel fomos todos dormir pra aguentar o festival karmiel que esta prestes a começar!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *